15/09/2017

[ Resenha Nacional #20] Inseparáveis | Victor Almeida

| |
Edição:
 
Gênero: Romance e Suspense
 
Editora: Editora do Carmo
 
Páginas: 90
 
Autor: Victor Almeida
 
Sinopse: Que lugarzinho mais insignificante era aquele: tamanho mínimo, limpeza zero, muito mal frequentado, e a bebida era de segunda. Por isso era um bom lugar. Quem conhecesse Hugo poderia desconfiar se o visse por ali. O bar, de nome nada criativo, era também o nome do proprietário, um senhor baixinho, na faixa dos cinquenta anos chamado José Nunes, ou seja, o nome do bar era Bar do Zé, que não era realmente o mais importante. E sim, o quartinho que ficava logo acima: organizado, limpinho, e de fato, muito pequeno; cama, cadeira, criado-mudo e uma porta para um banheiro ainda menor. Tão pequeno que, pia e privada era só o que havia lá dentro. Pelo menos ficava bem distante dos fregueses do bar. E como o jovem Hugo ficou sabendo desse boteco, o qual era tão distante de sua realidade? Bem, um colega que percorria por todo e qualquer tipo de lugar o indicou. Era freguês assíduo do Bar do Zé e colega do dono.

⤳⤳⤳⤳⤳⤳⤳⤳⤳⤳⤳⤳⤳⤳⤳⤳⤳⤳⤳⤳⤳⤳⤳⤳⤳⤳⤳⤳⤳⤳⤳⤳⤳⤳⤳⤳⤳⤳⤳⤳⤳⤳⤳⤳⤳⤳⤳⤳

Resenha


O livro Inseparáveis realmente me deixou chocada, pois avaliei pelo titulo e quando percebi a história é totalmente inversa do que imaginei! Vou contar para vocês o que veio em minha mente. 

Como o gênero é romance, pensei em uma história de um casal. Mas quando comecei a ler, me surpreendi. A história fala sobre dois "amigos", Hugo um cara super dedicado e Leonardo, o cara pegador. 

Hugo um dia descobriu tudo o que Leonardo fez e queria vingança, e a fez. Mas o jeito em que o autor narra a história mostrando o que Hugo sente com o amigo contando tudo e a forma em que Leonardo vai lembrando do que fez, é incrível!  Não tenho palavras para dizer como a escrita dele é maravilhosa.

Então, mas houve um pequeno momento em que me senti chateada pelo livro terminar daquela forma, esperava mais dos personagens. Mas o resto, o livro é perfeito. 

Compre o livro por aqui: Inseparáveis 

10/09/2017

[ Resenha Nacional #19] Tannhäuser | G. Norris

| |
Edição: 

Gênero: Ficção Científica

Editora: Fragmentos

Páginas: 228

Autor: G.Norris

Sinopse:  A lenda de Tannhäuser é conhecida em vários mundos. Em cada cultura, a cidade dos sonâmbulos do dia se apresenta com características únicas, repleta de folclore condizente com os povos que a imaginam. No reino de Erekosë, acredita-se que a cidade é toda de pedra, com vastos castelos destruídos e pátios já tomados por pântanos venenosos. Os poderosos e’tramitas descrevem o centro da cidade como uma praça de vidro, com torres de cristal tão altas que sobem aos céus até se perderem da vista. Tannhäuser é um espelho de sonhos. Um reflexo dos medos, desejos e anseios de cada um. Rumores dizem que a cidade dos mil sonhos é atemporal, tendo um tempo próprio para cada visitante. Se os Dobradores de Tempo chegarem mesmo em Tannhäuser, o que descobrirão sobre a cidade? E sobre si mesmos?

〰〰〰〰〰〰〰〰〰〰〰〰〰〰〰〰〰〰〰〰〰〰〰〰〰〰〰〰〰〰〰〰〰〰〰〰〰〰〰〰

Resenha

O autor tem uma facilidade de escrever as cenas de batalhas que me deixou fascinada! Os personagens que ele cria fez com que eu me sentisse um deles. Desde o momento em que eles saem em uma aventura, me senti dentro da tribulação.

Os personagens são fantásticos, fortes e destemidos. Mas o passado deles faz com que eles sigam em frente e participem de mais batalhas. Eles mostram que por mais batalhas perdidas que o passado lhes deu, fará com que eles fiquem mais fortes nas próximas batalhas.

Recomendo esse livro para todos que amam uma aventura e ficção, não sei como o autor conseguiu mostrar como se o livro fosse um RPG na realidade. Adorei!


Compre o livro aqui:  Tannhauser

03/09/2017

[ Resenha Nacional #18] Homens e Anjos | Luciana Oliveira

| |

Edição:
Gênero: Romance
Editora: Editora Fragmentos
Página: 230
Autora: Luciana Oliveira
Sinopse: A vida da bela Isa começa a mudar. A ausência do marido que viaja para a África a trabalho, o vazio que sente com ausência dele a faz reviver constantemente o passado de pobreza e a agressividade entre seus pais, fazendo com que se sinta cada vez mais insegura.
Ela, que só tinha olhos para o trabalho, o filho e o marido, depara então com aqueles lindos olhos azuis. Eduardo, o cliente de sua empresa, não é um homem comum, é misterioso e fascinante ao mesmo tempo.
Isa descobre o desejo, começa a ceder aos encantos de Eduardo, um homem intenso.
Dividida entre a ética e o desejo, ela se pergunta se ainda ama Júlio, seu marido, e sua escolha poderá mudar tudo.
Mas Isa não está só, ela conta com a proteção de Miniel, seu anjo.
Ele irá guiá-la por esse caminho repleto de sentimentos, inseguranças e descobertas fascinantes.


〰〰〰〰〰〰〰〰〰〰〰〰〰〰〰〰〰〰〰〰〰〰〰〰〰〰〰〰〰〰〰〰〰〰〰〰〰〰〰〰

Resenha 

Isa é uma mulher madura, forte e dependente. É casada e tem um filho com Júlio, um médico que ama fazer o bem pelas pessoas, não importando o preço. Mas com tudo o que aconteceu com ela no passado faz com que ela reflita, pois seu mundo estava desmoronando quando conheceu Eduardo.

Mas isso, não foi o fundo do poço para ela e sim a ida de seu marido para a África. Esse destino fez com que Isa se tornasse mais independente. Ela conseguia guiar sua empresa, seu filho e sua casa. Mas, sentia falta de alguém ao seu lado.

A cada dia ela se aproximava mais de Eduardo e se afastava de Júlio. E qual seria o destino dela? 

28/08/2017

[Resenha Internacional #13] O Fim de Todos Nós | Megan Crewe

| |
Edição:

Gênero: Ficção Americana

Editora: Intrínseca

Ano: 2012

Páginas: 272

Sinopse: “Pela primeira vez no que parecia uma eternidade, havia gente na rua. Todos iam assistir à chegada do carregamento. Alguns seguravam cartazes com mensagens como “SUSPENDAM A QUARENTENA”, como se isso fosse fazer o governo mudar de ideia.
Carros estacionados lotavam as ruas próximas ao porto, então encostamos em uma calçada a alguns quarteirões e corremos o restante do trajeto. A máscara cirúrgica me deixava sem fôlego. Ouvi tosses em meio à multidão e passamos por uma mulher parada coçando o joelho. Meus pulmões começaram a arder. Eu só queria voltar para o carro e ir embora dali. Mas minha mãe avistou a picape do tio Emmett e correu ainda mais. Tive medo de desviar os olhos por um segundo e perdê-la de vista.”

Resenha: Kaelyn acaba de retornar para a ilha onde nasceu após alguns anos morando no continente. Ao mesmo tempo em que retorna para sua cidade natal, seu melhor amigo está indo embora e ela sequer conseguiu dizer adeus. Para piorar a vida, de não só da jovem protagonista da história, mas de todos na pequena ilha, uma doença começa atinge a população, matando vários de seus habitantes, o governo deixa todos em quarentena e ninguém pode entrar ou sair.
                O livro tem um tema interessante, gosto muito de livros desse gênero, mas assumo que esse me deixou um pouco irritada. Ele é contado em forma de diário, escrito pela própria Kaelyn. Quase o tempo todo ela fica desejando rever o melhor amigo e em como ela queria que ele estivesse presente, contando sobre o amor platônico que ela tem por ele, isso deixou a história muito romantizada e seria muito melhor se ela tivesse focado muito mais no vírus. A história é boa, a narrativa é simples e como é contada por uma única pessoa, temos somente um ponto de vista da história, o que não prejudica muito a leitura, pois a autora deixou a escrita bem simples e uma explicação detalhada dos acontecimentos, isso claro visto pelos olhos de uma adolescente de 16 anos.
                O livro faz parte de uma trilogia, mas somente o primeiro livro foi lançado no Brasil, sendo assim sabemos que o vírus não pode ter ficados somente na ilha e as coisas podem ter saído do controle. Adoraria ler os próximos livros, pois o primeiro deixou muitas respostas e espero que tenham sido respondido nos próximos livros.

12/08/2017

[ Resenha Nacional #17] Mal Te Vi Bem Te Quis | Tatiane Souza

| |
Edição:

Gênero: Romance

Editora: Independente 

Página: 180

Autora: Tatiane Souza

Sinopse: Margô sempre foi uma mulher que preferia permanecer com o pé no chão, do que sonhar com algo fora de alcance. Restrita, planejadora e cheia de manias, ela vive sua vida a espera que algo aconteça e a faça viver uma aventura irresistível.
Ela só não contava com duas coisa:
Uma doença e uma confissão.

Com a mãe deitada no leito do hospital entre a vida e a morte, ela recebe a notícia que mudará sua vida. Sua mãe confessa antes de morrer, que ela tem um irmão, mas por causa da situação financeira da época, ela o vendeu para um casal que não podiam ter filhos.
Decidida a encontrar esse irmão e deixar no passado todo o sofrimento que a vida lhe causou, ela parte rumo à Seattle, EUA. Mas, embarcar nessa nova aventura irá trazer-lhe muitas dores de cabeça e, lidar com alguns sentimentos - que nem deveriam existir - poderá colocar seu mundo de cabeça para baixo.


 Resenha

Nesse maravilhoso livro irá contar a história de Margô que perdeu seus pais no Brasil e antes do falecimento de sua mãe, ela lhe entrega um endereço para que ela ache seu irmão que um dia sua mãe, vende-o. Por conta da situação que ela se encontrava.

Margô então decidi ir para Seattle em busca de seu irmão, ela tinha descoberto que ele trabalhava em uma empresa. E ela, claro que enviou seu currículo para lá e foi aceita. Além de ter se apaixonado por Andrew, o CEO da empresa. Seu companheiro de trabalho era Matt, um rapaz que sempre ficava de bom humor.

Mas, Margô no começo começa a falhar em sua missão. Pois, começa a dar brecha para seu chefe que no final ajuda-a a encontrar seu irmão. Mas como sempre tem aquela tempestade. Matt começa a se apaixonar por Margô e no final, acontece uma tragédia e ela descobre que ele era seu irmão.

A escrita da autora é leve e rápida, além do vocabulário que é fácil de compreender. Simplesmente, a história me surpreendeu e quero um spin-off do Andrew! 

Compre o ebook por aqui: Mal Te Vi Bem Te Quis